Busca: Nossos Servicos: RSS - O quê é isso?
Home do Blog Fernando Guimarães

Consultor de marketing e comunicação, especialista em marketing de relacionamento e programas de fidelidade

[email protected]

Estudo revela vídeos que mais engajaram no Instagram e YouTube Postado em: 21/12/2020 Alok, Marília Mendonça, Pyong Lee, LOUD e Whindersson Nunes tiveram os vídeos com mais relevância no ano
O ano de 2020 não foi fácil. Todos nos vimos obrigados a adaptar nossas vidas e rotinas. A internet foi um grande aliado para enfrentar tantas mudanças e foi onde todos passamos grande parte do tempo, seja para se informar, divertir, debater, namorar etc. No entanto, em meio a milhões de novos conteúdos, entender o que dominou o feed da audiência é fundamental para compreender o espírito do tempo em que estamos vivendo. Um estudo inédito da Winnin, martech que mapeia a cultura nas redes com inteligência artificial, revela os vídeos que lideraram as conversas e o engajamento de conteúdo online. Instagram: Mari Maria, Alok, Whindersson Nunes, Mari Maria, Pyong Lee. Youtube: Marília Mendonça,  Pineapple Storm, Mc Marks, LOUD, Dudu Moura.

Pesquisa revela grande crescimento nas interações realizadas por meio de canais digitais
A NICE divulgou os resultados de uma nova pesquisa entre os líderes do setor de experiência do cliente (CX). As respostas confirmam que os consumidores favorecem o uso de canais digitais ao interagir com prestadores de serviços. Intitulada "Liderança de atendimento ao cliente em uma nova realidade", a nova pesquisa mostra o caminho que os executivos de CX planejam seguir para levar agilidade aos seus contact centers e atender às expectativas do cliente. A pesquisa também reforça o papel de uma plataforma nativa em nuvem como um capacitador crítico para manter a continuidade dos negócios, exigida pela realidade atual de trabalho remoto. A pesquisa destaca sete pontos-chave de dados. O principal deles é a rápida aceleração da popularidade dos canais digitais entre os consumidores. 51% dos entrevistados indicaram que metade, ou mais, de suas interações estão sendo tratadas por meio de canais digitais (chat, e-mail, rede social, etc.).79% acreditam que os agentes estão tendo um desempenho acima das expectativas no modelo home-office. Embora a prática de trabalhar em casa não fosse prevalente antes da pandemia, devido a preocupações com o foco do funcionário, os resultados da pesquisa mostram um maior nível de conforto com essa prática. 76% disseram que os agentes preferem trabalhar em casa, e 43% disseram que planejam manter 50% ou mais de seus agentes em homeoffice no futuro. A pesquisa também analisou os aspectos de infraestrutura do trabalho em casa, destacando os principais componentes para as organizações. 74% afirmaram que já estão ou planejam que seus contact centers estejam baseados em nuvem. 85% disseram que planejam investir na atualização de seu contact center com tecnologias que aumentam a agilidade, como IA e gerenciamento de desempenho, bem como recursos para conduzir conexões personalizadas e canais unificados. 71% também indicaram que planejam implementar Desktop Guidance e Automação, que consideram um impulsionador da agilidade.

Veja os principais novos produtos do Twitter em 2020, e Brasil é escolhido para testes
O Twitter colocou no ar novos produtos e importantes atualizações ao longo de 2020. Algumas destas novidades foram testadas primeiramente no Brasil antes de serem disponibilizadas em outros mercados, como Fleets , o incentivo de Retweets com comentários ao invés de Retweet simples e as mensagens diretas (DMs) por voz - que, inclusive, a partir desta semana, serão também testadas por aqui por pessoas com dispositivos Android. Tudo isso se torna ainda mais importante por conta do crescimento considerável de pessoas acessando a plataforma, com aumento de quase 30% em comparação ao ano passado. O Brasil teve alguns experimentos exclusivos devido a forma que o público usa a plataforma: é um mercado que se engaja nas conversas. Só para se ter uma ideia, alguns programas de televisão e artistas brasileiros chegaram a ser os mais mencionados do mundo na plataforma por conta disso. Os testes dos Fleets começaram em março deste ano apenas no Brasil e, em novembro, a funcionalidade foi expandida para o restante do mundo. Este recurso é usado para compartilhar pensamentos momentâneos e permanece no ar por apenas 24 horas. Durante os testes, o Twitter descobriu que os Fleets ajudaram as pessoas a se sentirem mais à vontade para participar de conversas na plataforma. Além disso, quem está começando no serviço acredita que usar os Fleets é uma forma mais fácil de compartilhar suas reflexões cotidianas. Isso porque essas postagens desaparecem depois de 24 horas e não têm Retweets, curtidas ou comentários públicos, tornando a experiência de compartilhar ideias e opiniões momentâneas mais confortável. O Brasil também vem sendo palco para testes das mensagens diretas (DMs) por voz. Este era um pedido antigo das pessoas que usam o Twitter e esta funcionalidade começou a ser implementada por aqui. Todos os sistemas operacionais (iOS, Android e desktop) são capazes de ouvir as mensagens, mas a possibilidade de gravá-las vem sendo disponibilizada gradativamente. O limite é de 140 segundos para cada gravação.
Veja todos Artigos deste(a) Blogueiro(a) [Comentar (0)] [Enviar por e-mail] [Regras de Uso]

Compartilhe

Twitter Facebook Linkedin
Deixe seu comentário
Nome:
E-mail:
Comentário:
máximo caracteres.
 
Arquivo
 
Clientesa.com.br - Blog
Copyright © 2021 - Grube Editorial - Todos os direitos reservados
Powered byCantini Tecnologia