Busca: Nossos Servicos: RSS - O quê é isso?
Home do Blog Fernando Guimarães

Consultor de marketing e comunicação, especialista em marketing de relacionamento e programas de fidelidade

[email protected]

Como o TikTok ranqueia os anúncios Postado em: 22/05/2020
OTikTok  é relativamente novo, o que significa menos concorrência em seus leilões e CPMs mais baixos  
Toda plataforma tem seu algoritmo que determina qual anúncio colocar na frente de qual usuário. TikTok não é diferente. De maneira semelhante aos algoritmos de classificação de anúncios que determinam os leilões de autoatendimento do Facebook e do Google, os melhores espaços de anúncio não apenas alcançam o maior lance no produto de autoatendimento da TikTok. O algoritmo de classificação também leva em consideração a qualidade do anúncio e a probabilidade de os usuários interagirem com ele para determinar em que ordem os anúncios serão exibidos no feed "Para você" do TikTok. Segundo pessoas que tiveram acesso ao algoritmo, ele faz a combinação de preço de oferta, relevância do anúncio e qualidade do anúncio que é como os demais funcionam, mas leva em consideração outros fatores, como curtidas, compartilhamentos e comentários. Segundo Brendan Gahan, sócio e diretor social da Mekanism, "é seguro dizer que os anúncios que mantêm os consumidores envolvidos e assistindo - e ainda melhor no próprio aplicativo - terão um desempenho melhor. O TikTok provavelmente está avaliando esse aspecto de relevância, medido pelo tempo de exibição, acima de tudo."  A experiência de feed de vídeo no TikTok é claramente diferente da página de resultados de um mecanismo de pesquisa e do feed de notícias do Facebook. Os botões de ação clicáveis do TikTok em seus anúncios em vídeo no feed nem permitem que os usuários cliquem até o vídeo ser visualizado por mais de cinco segundos, de acordo com Gahan do Mekanism.  "O que torna o TikTok único é o ambiente criativo e a comunidade que ele cultivou", disse Gahan, do Mekanism. Único também é o formato de anúncio de "desafio" patrocinado, no qual os usuários do TikTok fazem vídeos tentando realizar a mesma dança ou truque. Como oTikTok também é relativamente novo, isso significa menos concorrência em seus leilões e CPMs mais baixos em comparação com plataformas rivais e, portanto, mais espaço para o criativo influenciar a classificação do anúncio e reduzir o custo do lance. A rede de vídeos curtos está rapidamente ganhando força, contratando e adicionando constantemente novos formatos e ferramentas de medição. A Singular, uma empresa de avaliação de dispositivos móveis, disse que os gastos com anúncios no TikTok em novembro do ano passado eram 75 vezes maiores do que o nível de gastos de maio. Fonte: Digiday

Estudo: design do site e confiança na entrega são pontos que mais pesam no ecommerce
O design dos sites onde fazem compras e a confiança na entrega são os fatores que mais relevo têm para os consumidores no comércio online, conclui estudo da Nova Information Management School (Nova IMS), realizado na Indonésia, cujo comércio eletrônico fatura pouco menos da metade do brasileiro. Os pesquisadores concluíram que o design e aspeto do site, as questões de segurança e privacidade de dados e ainda o serviço de comércio eletrônico são essenciais para a satisfação dos clientes. No sentido oposto, a disponibilização de meios de contato e apoio ao cliente não é uma dimensão tão relevante para os consumidores.  O estudo mostra ainda que as pequenas recompensas, como descontos especiais na compra seguinte, por exemplo, são também uma forma de incentivar os clientes a partilhar a experiência de compra. Fonte: Dinheiro Vivo (Portugal)

Target usa novas tecnologias e pequenos centros de distribuição para dar mais lucratividade aos seus negócios online
A Target disse em uma teleconferência nesta quarta-feira, 20/5, que está buscando novas tecnologias e formatos menores e mais ágeis de centros de distribuião para ajudar a acompanhar a demanda de comércio eletrônico e reduzir custos. "Estamos investindo e planejando a capacidade de suportar esse volume [online]", disse o diretor financeiro da Target, Michael Fiddelke. O varejista adquiriu recentemente a tecnologia da startup de entrega Deliv e planeja testar os centros menores de distribuição de pedidos. Fonte: CNBC
Veja todos Artigos deste(a) Blogueiro(a) [Comentar (0)] [Enviar por e-mail] [Regras de Uso]

Compartilhe

Twitter Facebook Linkedin
Deixe seu comentário
Nome:
E-mail:
Comentário:
máximo caracteres.
 
Arquivo
 
Clientesa.com.br - Blog
Copyright © 2020 - Grube Editorial - Todos os direitos reservados
Powered byCantini Tecnologia