Busca: Nossos Servicos: RSS - O quê é isso?
Home do Blog Fernando Guimarães

Consultor de marketing e comunicação, especialista em marketing de relacionamento e programas de fidelidade

[email protected]

Como startups estão usando mensagens de texto para adquirir clientes Postado em: 11/02/2020 Para empresas DTC, esse é um canal quente
As empresas nas categorias de bebidas e vestuário e até mesmo as que fornecem kits de preparação para casa tornaram o texto uma parte essencial de sua proposta de venda, usando essas mensagens para educação, comércio e reconhecimento da marca. Nos últimos seis meses, o envio de mensagens de texto se tornou um canal quente para empresas diretas ao consumidor, em busca de novas maneiras de manter a atenção dos consumidores, como o Facebook, o Instagram e o email marketing, que foram inundados pelo marketing do DTC. Isso tornou mais caro e difícil para as empresas de DTC se destacarem nesses canais e enviar mensagens de texto mais atraentes. A questão agora não é se as empresas de DTC usarão mensagens de texto, mas como. As empresas estão se esforçando para entregar mensagens com frequência não excessiva ou esmagadoramente orientadas para as vendas, pois isso pode desestabilizar os consumidores. O texto também pode ser uma maneira de as empresas manterem uma conversa com os consumidores e promover um relacionamento mais profundo. E pode ser uma maneira de facilitar as atividades de comércio para a participação dos consumidores. "Judy, Dirty Lemon e Cariuma fazem parte de um número crescente de marcas diretas ao consumidor que usam o marketing de texto para aumentar o conhecimento da marca, aprimorar relacionamentos e impulsionar as vendas por meio de mensagens de texto e trabalhar para definir a fórmula perfeita para o tipo e a frequência das mensagens. Fonte: Digiday

Instagram expande ferramentas de audiência e testa ferramenta de vídeoO Instagram adicionou duas categorias em sua guia para seguir, permitindo que os usuários determinem quais contas levam a mais visibilidade, o que pode ajudá-los a "identificar fãs que não estão mais envolvidos em suas mensagens" e "[destacar] as variáveis de conteúdo que você pode querer turno". A plataforma social também está testando uma ferramenta de corte de vídeo que facilitará a edição e o upload de vídeos do Stories. Fonte: Social Media Today

Por que experiências são essenciais para reter clientes B2B
A retenção de clientes é mais desafiadora do que nunca para os vendedores B2B, o que está forçando um foco mais profundo na qualidade das experiências dos clientes. Mas esses desafios de retenção também proporcionam às organizações uma tremenda oportunidade de adquirir novos compradores -- aqueles que estão atualmente envolvidos com concorrentes -- oferecendo experiências mais  personalizadas e satisfatórias. Novas pesquisas sugerem que os compradores B2B trocam de fornecedor a uma taxa sem precedentes e, muitas vezes, sem aviso prévio. Em busca de experiências melhores, incluindo remessas mais rápidas, opções de pagamento flexíveis e vendedores com conhecimento do setor, 80% dos compradores trocaram de fornecedor no ano passado ou planejam fazê-lo no próximo. E, quanto mais frequentemente um comprador faz compras, maior a probabilidade de trocar de fornecedor. Para vendedores B2B, isso significa que seus melhores e mais frequentes clientes também são os mais vulneráveis à rotatividade. A pesquisa sugere que, embora os vendedores de B2B busquem práticas que impactam com sucesso as experiências dos clientes e aumentam as vendas, eles geralmente ficam muito aquém das expectativas dos clientes. Tudo isso está acontecendo em um ambiente em que 32% dos compradores aumentaram suas expectativas em relação às experiências de vendas nos últimos 12 meses, com o mesmo número considerando "ofertas fluidas" pioneiras em empresas como Airbnb e Uber como o padrão atual. Dadas essas expectativas, o comprador médio de B2B é menos leal do que o vendedor provavelmente pensa. Para atender às crescentes expectativas dos compradores, os vendedores B2B devem oferecer um serviço superior em todos os pontos de contato em que os clientes e a marca interagem. Além de fechar a venda, isso significa oferecer experiências repletas de conhecimento e empatia ao longo de toda a jornada do cliente - desde a pesquisa do produto até a compra, a entrega e o serviço pós-venda. Os vendedores B2B que fornecem experiências conectadas totalmente capazes estão colhendo benefícios invejáveis: 96% relatam maior lucratividade e 97% relatam maior participação de mercado. Fonte: Chief Marketer
Veja todos Artigos deste(a) Blogueiro(a) [Comentar (0)] [Enviar por e-mail] [Regras de Uso]

Compartilhe

Twitter Facebook Linkedin
Deixe seu comentário
Nome:
E-mail:
Comentário:
máximo caracteres.
 
Arquivo
 
Clientesa.com.br - Blog
Copyright © 2020 - Grube Editorial - Todos os direitos reservados
Powered byCantini Tecnologia