Busca: Nossos Servicos: RSS - O quê é isso?
Home do Blog Fernando Guimarães

Consultor de marketing e comunicação, especialista em marketing de relacionamento e programas de fidelidade

[email protected]

Estudo: 18% das empresas brasileiras podem ser consideradas "inteligentes" Postado em: 15/11/2019 Pequenas e Médias Empresas (PMEs) obtêm pontuação acima das de grandes organizações
A Zebra Technologies Corporation anunciou nesta terça,12/11, os resultados de seu terceiro estudo global anual, "Índice de Inteligência Empresarial". A pesquisa, realizada com 950 tomadores de decisão de TI em nove países - entre eles, o Brasil -, indica crescimento mundial de empresas que estão a caminho de se tornarem "inteligentes". O Índice considera "inteligentes" empresas que alcançaram 75 pontos ou mais, o que vem aumentando ano a ano. Globalmente, as PMEs se destacam como as que obtiveram maior pontuação: média de 64,5 versus 61,5 registrada pelas grandes empresas. Entre as PMEs, 37% podem ser consideradas "inteligentes", demonstrando que, muitas vezes, estão à frente de grandes corporações quando o assunto é IoT. A pontuação das empresas é calculada com base em 11 critérios diferentes, definidos por importantes tomadores de decisão, incluindo a visão da Internet das Coisas (IoT), adoção, gerenciamento de dados, análise inteligente e muito mais. A pesquisa analisa até que ponto as empresas estão conectando seu mundo físico ao digital para impulsionar a inovação em ambientes de orientação em tempo real, baseados em dados e com fluxos móveis de trabalho colaborativo. No Brasil, 18% delas já podem ser consideradas "inteligentes", em comparação com 8% registrados em 2018. Outros 70% já estão em processo de transformação. Em 2018, eram 63%. O investimento médio, em 2019, das empresas em Internet das Coisas e em outras plataformas de tecnologia de dados foi de US$ 6,1 milhões, 45% a mais que no ano anterior. Esperam incrementar ainda mais essa cifra nos próximos dois anos, 88% das empresas do país.  A maior evolução ficou por conta do setor de varejo. Impulsionado pela pressão esmagadora do mercado para melhorar a experiência do cliente, o segmento passou da parte inferior do ranking de 2018 para quase o topo da lista em 2019, depois do setor de saúde.

 Uber expande programa de fidelidade para mais cinco capitais
O Uber anunciou nesta segunda-feira, 11, que está expandindo seu programa de fidelidade para as capitais São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre e Curitiba. Chamado de Uber Rewards, a iniciativa é inspirada em programas de milhagem de companhias aéreas e permite que os passageiros ganhem descontos, corridas gratuitas e preferência por carros em aeroportos. Até então, o programa estava disponível apenas em Fortaleza, João Pessoa, Maceió, Natal, Brasília, Goiânia, Vitória, Santos, São José dos Campos e Florianópolis. Fonte: Portal Terra

Twitter pede contribuição das pessoas para criação de nova regra
O Twitter abriu um processo colaborativo para elaboração de uma regra para endereçar a questão da mídia sintética e manipulada, ou seja, qualquer foto, áudio ou vídeo que tenha sido significativamente alterado ou produzido com a intenção de enganar as pessoas ou modificar seu significado original. Muitas vezes isso é chamado de deepfakes ou shallowfakes. Para mais detalhes, inclusive para acessar o questionário para feedback que está disponível inclusive em Português, leia o post no blog da empresa no Brasil.

Veja todos Artigos deste(a) Blogueiro(a) [Comentar (0)] [Enviar por e-mail] [Regras de Uso]

Compartilhe

Twitter Facebook Linkedin
Deixe seu comentário
Nome:
E-mail:
Comentário:
máximo caracteres.
 
Arquivo
 
Clientesa.com.br - Blog
Copyright © 2019 - Grube Editorial - Todos os direitos reservados
Powered byCantini Tecnologia