Busca: Nossos Servicos: RSS - O quê é isso?
Home do Blog Fernando Guimarães

Consultor de marketing e comunicação, especialista em marketing de relacionamento e programas de fidelidade

[email protected]

Presidente da SAP vem ao Brasil debater a Economia da Experiência Postado em: 07/09/2019
Durante o SAP Now, ela mostrará cases de empresas que saíram na frente nessa nova transformação
A presidente global dos negócios em nuvem da SAP e membro do conselho executivo da empresa, Jennifer Morgan, estará na edição brasileira do SAP NOW, segundo maior evento da SAP no mundo. A executiva falará no dia 11 de setembro sobre como vencer na era da Economia da Experiência, além de compartilhar projetos visionários que a companhia lidera em diversos países. O foco da apresentação também será a integração de Qualtrics ao portfólio da SAP, que vem tornando a empresa a única no mercado com potencial de oferecer soluções que combinam dados de experiencia (X-data) com dados operacionais (O-data). Jennifer também vai chamar ao palco Rodrigo Vicentini, head da NBA no Brasil, que apresentará como a liga utiliza os diferentes tipos de dados para aperfeiçoar a experiência dos fãs dentro e fora das quadras. Juntos, falam sobre o showcase SAP & NBA Basketball Data Court, uma parceria da SAP com a NBA para trazer uma quadra de basquete sensorizada, que tem tecnologias SAP para comparar estatísticas com atletas reais e proporcionar uma experiência imersiva aos participantes do evento. Evento da SAP acontece nos dias 11 e 12 de setembro no Transamérica Expo Center em São Paulo

Facebook é o alvo principal da procura de hackers
Estudo inédito realizado pela SEMrush aponta que os brasileiros pesquisaram mais de 1 milhão de vezes como hackear Facebook, Whatsapp e Instagram, apenas no primeiro semestre
O brasileiro vem procurando bastante "Como ser hacker" na internet: de janeiro a julho deste ano, o termo foi pesquisado pelo menos 67 mil vezes na internet, segundo os dados da SEMrush, líder global em marketing digital, que apurou o interesse dos brasileiros em recorrerem aos mecanismos como Google e Bing para descobrirem como é possível hackear as redes sociais. As principais dúvidas são a respeito das redes do Mark Zuckerberg e concluiu que os brasileiros pesquisaram por "como hackear o Facebook" 602 mil vezes, considerada a rede social mais procurada para essa finalidade. Em seguida, o alvo é o aplicativo de mensagens Whatsapp, com 210 mil buscas sobre como é possível hackear a plataforma. Logo atrás, está a procura por "como hackear o Instagram", digitada 193 mil vezes, nos sete primeiros meses do ano. Mesmo o Brasil sendo o segundo país com maior número de usuários no mundo na rede social, a pesquisa por "como hackear Twitter" foi realizada 7,4 mil vezes, número muito menor que as outras redes. Ainda que não seja uma rede social, a SEMrush detectou que os brasileiros procuraram nos mecanismos 10 mil vezes no primeiro semestre, como hackear a Netflix, plataforma streaming de séries e filmes, que é paga.

Aprovada proposta que torna obrigatório rastreamento de compras pela internet
Texto altera Lei dos serviços postais e Código de Defesa do Consumidor
A Comissão de Defesa do Consumidor aprovou projeto do deputado Carlos Henrique Gaguim (DEM-TO) que torna obrigatório o serviço de rastreamento de produtos comprados fora do estabelecimento comercial, como pela internet. A finalidade da proposta é permitir que o consumidor possa acompanhar o trajeto da mercadoria até a porta da sua casa. O Projeto de Lei 10052/18 recebeu parecer favorável do deputado Ricardo Teobaldo (PODE-PE). O texto muda a  Lei6.538/78, que trata dos serviços postais, e a Lei 8.078/90 (Código de Defesa do Consumidor). Teobaldo disse que o projeto vai conferir maior credibilidade nas compras realizadas em ambiente virtual, ampliando a transparência e a segurança nas relações entre fornecedores e consumidores. Em 2018, segundo uma consultoria do mercado, o e-commerce brasileiro faturou R$ 53,2 bilhões. Ao todo, foram 123 milhões de pedidos realizados pela internet, um resultado 10% maior do que no ano anterior. O projeto será analisado agora, em caráter conclusivo , pelas comissões de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Fonte: Portal da Câmara dos Deputados
Veja todos Artigos deste(a) Blogueiro(a) [Comentar (0)] [Enviar por e-mail] [Regras de Uso]

Compartilhe

Twitter Facebook Linkedin
Deixe seu comentário
Nome:
E-mail:
Comentário:
máximo caracteres.
 
Arquivo
 
Clientesa.com.br - Blog
Copyright © 2019 - Grube Editorial - Todos os direitos reservados
Powered byCantini Tecnologia