Busca: Nossos Servicos: RSS - O quê é isso?
Home do Blog Fernando Guimarães

Consultor de marketing e comunicação, especialista em marketing de relacionamento e programas de fidelidade

[email protected]

Ikea transformou uma estação de metrô em Paris em um showroom, e é glorioso Postado em: 19/06/2019
Mil e quinhentos produtos estão pendurados nas paredes da estação de metrô de La Madeleine, atraindo os passageiros para a nova loja de pequeno formato da empresa.
Este ano, a Ikea está abrindo novas lojas menores em cidades de Nova York a Paris. E na última cidade, a empresa está promovendo sua nova abordagem com um truque incomum de propaganda. A varejista sueca abriu sua nova loja conceito no distrito de La Madeleine em 6 de maio. A loja de dois andares em La Madeleine tem cerca de um quarto do tamanho médio de uma loja típica da Ikea, com quase 54.000 pés quadrados. Faz parte da nova abordagem da Ikea para o varejo urbano, que usa espaços menores que são mais parecidos com showrooms. Os compradores podem visitar para ver os produtos e, em seguida, fazer um pedido, que será entregue em suas casas. É uma estratégia adaptada a urbanistas que não têm necessariamente carros para transportar suas compras para casa - o que torna a instalação da estação de metrô uma maneira perfeita de anunciar isso. Para anunciar o lançamento da nova estratégia de varejo, a Ikea transformou a estação de metrô próxima, pendurando 1.500 produtos individuais nas paredes. De cadeiras a cortinas, a equipamentos de cozinha e até brinquedos de pelúcia, eles transformaram a estação em um imponente bazar de design Ikea, completo com a típica sinalização Ikea em preto-e-branco mostrando seus nomes impronunciáveis e seus preços. A empresa diz que está gastando US$ 400 milhões para abrir outras lojas como esta em Lyon e Nice. Nos Estados Unidos, abriu sua primeira loja de formato pequeno nos EUA em Manhattan no mês passado. Fonte: Fast Company

A quantas anda essa tal de personalização?
Os profissionais de marketing se esforçam constantemente para fornecer experiências coesas e personalizadas aos consumidores. Mas dados recentes do Infogroup mostram que muitos continua longe desse objetivo. Dos usuários de internet dos EUA pesquisados, 93% disseram que não estavam recebendo nenhuma comunicação de marketing relevante, e quase o mesmo número (90%) estava incomodado com mensagens irrelevantes. Mais importante, 44% dos entrevistados disseram que mudariam para outras marcas que fizeram um trabalho melhor de personalizar o conteúdo que viram. O estudo do Infogroup é apenas um dos muitos que ilustra as lutas em curso que as empresas enfrentam quando entregam experiências que os consumidores esperam. De acordo com a pesquisa de janeiro de 2019 da The Harris Poll, quase três quartos dos consumidores na América do Norte sentiram que as marcas lutam para criar experiências mais personalizadas e individuais, graças em grande parte ao aumento das expectativas. Fonte: eMarketer

Como criar uma estratégia de mensagens B2B bem-sucedida
Uma estratégia eficaz de troca de mensagens entre empresas deve se concentrar em como sua empresa agrega valor aos clientes em potencial, e não simplesmente transmitir fatos sobre produtos ou serviços, escreve Natalie Nathanson, da Magnetude Consulting. Ela explora diferentes cenários que as empresas enfrentam quando os profissionais de marketing precisam revisitar suas mensagens e recomenda o desenvolvimento de uma estrutura baseada em seis áreas principais.
1. Cenário do Mercado: Onde e como a minha empresa se encaixa no mercado mais amplo?
2. Cenário Competitivo: Como meus concorrentes estão articulando seu valor?
3. Caminho para o mercado: Como nossas parcerias e alianças devem informar nosso posicionamento?
4. Partes Interessadas Externas: O que os clientes, prospects, analistas e outros influenciadores estão dizendo?
5. Estado presente e futuro dos nossos produtos e serviços: O que oferecemos hoje e para onde estamos indo?
6. Ambiente Interno: O que estamos comunicando em nosso site versus o relatório anual? Está todo mundo reunindo a mesma mensagem correta?
Depois de confirmar sua direção estratégica, é hora de criar um documento de estrutura de mensagens. Pense nisso como uma tela limpa, onde você pode articular todos os seus conceitos estratégicos. O uso de uma estrutura fornece consistência e clareza na mensagem "certa" a ser implantada em todas as comunicações, interna e externamente.Então, por onde você começa? A maioria dos frameworks de mensagens inclui:
 Alguns parágrafos sobre a empresa, incorporando informações que são tanto visionárias quanto descrevem "o que fazemos e a quem ajudamos" em tom e voz que capturam a essência de como a empresa deseja ser percebida pelo cliente.
 Taglines para transmitir rapidamente valor.
 Proposições de valor exclusivas, que normalmente são os três a quatro pontos que diferenciam a empresa e o produto ou serviço no mercado.
Fonte: Forbes Agency Council
Veja todos Artigos deste(a) Blogueiro(a) [Comentar (0)] [Enviar por e-mail] [Regras de Uso]

Compartilhe

Twitter Facebook Linkedin
Deixe seu comentário
Nome:
E-mail:
Comentário:
máximo caracteres.
 
Arquivo
 
Clientesa.com.br - Blog
Copyright © 2019 - Grube Editorial - Todos os direitos reservados
Powered byCantini Tecnologia