Busca: Nossos Servicos: RSS - O quê é isso?
Home do Blog Fernando Guimarães

Consultor de marketing e comunicação, especialista em marketing de relacionamento e programas de fidelidade

[email protected]

Tomada de decisões orientada por dados está ao alcance de todas empresas Postado em: 08/01/2019
Plataforma oferece a capacidade de tomar decisões com informações incompletas, por meio de questionamentos precisos e perspicácia nos negócios, orientada pelo reconhecimento de padrões
Muitos líderes acreditam erroneamente que o uso de dados quantitativos é competência exclusiva de matemáticos e analistas de dados, mas eles estão pensando de forma estreita, afirma Oded Netzer, da Columbia Business School. Usar dados para tomar decisões melhores simplesmente exige "a habilidade e a confiança para fazer as perguntas certas, identificar padrões e processar essas informações em paralelo com sua compreensão da situação comercial mais ampla", diz ele. Netzer, juntamente com Chris Frank, senior executive da American Express, e Paul Magnone, do Google, desenvolveram  um conceito, uma estrutura e um conjunto de ferramentas que denominaram Quantitative IntuitionTM. Formalmente, definiram a plataforma como a capacidade de tomar decisões com informações incompletas, por meio de questionamentos precisos e perspicácia nos negócios, orientada pelo reconhecimento de padrões. Isso requer uma visão paralela das questões que importam, e não apenas uma sequência lógica de pensamentos para enxergar a situação como um todo -- e está alcance de empresas de todas as dimensões. Fonte: Columbia Business School

Dados de terceiros: como as nova leis de privacidade estão afetando essa questão?
Embora os dados de terceiros possam estar perdendo parte de seu glamour devido às crescentes preocupações com a privacidade de dados, poucos profissionais de marketing podem confiar apenas nos dados primários para impulsionar suas maiores campanhas. Dados de terceiros ainda são uma necessidade para muitos profissionais de marketing. Na verdade, a necessidade continuada dos profissionais de marketing por dados de terceiros foi refletida quando o agregador de dados Acxiom foi comprado por US $ 2,3 bilhões em julho de 2018. Como o  Regulamento Geral de Proteção de Dados da União Européia (GDPR) está em vigor há menos de um ano, é muito cedo para decifrar seu efeito sobre o uso de dados de terceiros. No entanto, há algumas evidências iniciais de que a lei pode influenciar o modo como os anunciantes segmentam os usuários com dados de terceiros. A situação é bastante complexa, como mostram algumas pesquisas. O Interactive Advertising Bureau (IAB) e o Winterberry Group estimam que entre os profissionais de marketing dos EUA, os gastos com dados de terceiros aumentaram 17,5% em 2018, para US $ 19,2 bilhões. Por outro lado, uma pesquisa realizada em junho de 2018 com 255 anunciante do mundo inteira pela Demandbase e Demand Metric constatou que quatro entre cinco entrevistados estavam preocupados com o fato de seus fornecedores de tecnologia poderem colocá-los em risco de violar o  GDPR, pois as empresas que violarem esta lei podem ser multadas em 20 milhões de euros (25,5 milhões de dólares) ou 4% das receitas globais, dependendo do que for maior. Pesquisadores da Deloitte e Duke University entrevistaram 324 profissionais de marketing dos EUA em agosto de 2018 e descobriram que havia uma ampla gama de como os profissionais de marketing preocupados estavam com o uso de dados de terceiros, levantando preocupações com a privacidade. Apenas 10,7% dos entrevistados disseram estar muito preocupados, enquanto 18,9% disseram que não estavam preocupados. Em uma pesquisa realizada em setembro de 2018 com 226 CMOs em todo o mundo, realizada pela Forbes Insights e pela The Trade Desk, quase um em cada cinco entrevistados afirmou que um dos principais desafios de dados é não ter dados de terceiros suficientes. Em um estudo realizado em 2018 pela Sizmek com 522 profissionais de marketing de marca nos EUA e na Europa, 77% dos entrevistados concordaram que o GDPR afetará a forma como eles usam dados de terceiros para segmentar pessoas. 96 tomadores de decisões de marketing na América do Norte, 42% dos entrevistados disseram que os fornecedores de informações terceirizadas são uma fonte de dados efetiva para o marketing. Fonte: eMarketer
Veja todos Artigos deste(a) Blogueiro(a) [Comentar (0)] [Enviar por e-mail] [Regras de Uso]

Compartilhe

Twitter Facebook Linkedin
Deixe seu comentário
Nome:
E-mail:
Comentário:
máximo caracteres.
 
Arquivo
 
Clientesa.com.br - Blog
Copyright © 2019 - Grube Editorial - Todos os direitos reservados
Powered byCantini Tecnologia