Busca: Nossos Servicos: RSS - O quê é isso?
Home do Blog Fernando Guimarães

Consultor de marketing e comunicação, especialista em marketing de relacionamento e programas de fidelidade

fernando.gguimaraes@gmail.com

Realidade Aumentada deve eclipsar Realidade Virtual Postado em: 08/10/2018
RA
Graças à sua afinidade com a tecnologia dos smartphones, RA pode tornar-se em breve parte integrante da rotina das pessoas
Até recentemente, muitos analistas da indústria reuniam realidade virtual e realidade aumentada sob o mesmo guarda-chuva de "tecnologia imersiva." Embora RV e RAR sejam realmente relacionadas, são tecnologias distintas com diferentes aplicações. RV imerge completamente os usuários em ambientes visuais que são separados do mundo real, enquanto RA envolve a sobreposição de informações sobre imagens ou visualizações de câmera do mundo real para melhorar a experiência dos usuários. Graças à sua afinidade com a tecnologia dos smartphones, RA está se provando mais fácil de implementar. Enquanto a realidade virtual continua enraizado na indústria de jogos, a realidade aumentada, graças a uma série de avanços tecnológicos e suporte de alta tecnologia que o torna acessível em smartphones. filtros de Snapchat e Facebook e plataformas baseadas em nuvem, está crescendo mais rapidamente. Veja o último summit da ABEMD para entender melhor como o desenvolvimento de conteúdos e experiências via RA podem tornar-se parte integrante da rotina das pessoas. Fonte: eMarketer
 
A quinta maior empresa aérea do mundo explora o Blockchain para diminuir custos para clientes
A companhia aérea europeia Air France-KLM fez parceria com o ecossistema de viagens blockchain Winding Tree. O objetivo da parceria é reduzir custos para os clientes da empresa, eliminando os intermediários. A aliança revelou o novo acordo em um comunicado publicado em seu site oficial na quinta-feira, 4 de outubro. A Air France-KLM é a quinta maior companhia aérea do mundo em termos de receita em 2018 e espera que o blockchain ajude a fornecer "uma oferta de viagens mais vantajosa para os clientes e mais lucrativa para os fornecedores, em particular reduzindo o número de intermediários". Com o novo acordo, a Air France-KLM se junta às fileiras de outras companhias aéreas que já fizeram parceria com a Winding Tree, como a Lufthansa, a Swiss Air, a Air New Zealand, a Austrian and Brussels Airlines e a Eurowings. Além disso, a plataforma de viagens de código aberto também opera para uma das maiores redes de hotéis na região dos países escandinavos e bálticos, a Nordic Choice Hotels. As companhias aéreas podem usar blockchain para não apenas simplificar o processo de reserva, mas também para lançar programas de fidelidade, rastrear bagagens e melhorar a logística do aeroporto, entre outras coisas. Por exemplo, a companhia aérea russa S7 fez uma parceria com a gigante de gás natural estatal Gazprom para usar contratos inteligentes baseados em blockchain para abastecimento de aeronaves em voos domésticos. E a Singapore Airlines lançou uma carteira digital de fidelidade baseada em blockchain, desenvolvida em parceria com a Microsoft. Fonte: CoinTelegraph
Veja todos Artigos deste(a) Blogueiro(a) [Comentar (0)] [Enviar por e-mail] [Regras de Uso]

Compartilhe

Twitter Facebook Linkedin
Deixe seu comentário
Nome:
E-mail:
Comentário:
máximo caracteres.
 
Arquivo
 
Clientesa.com.br - Blog
Copyright © 2018 - Grube Editorial - Todos os direitos reservados
Powered byCantini Tecnologia