Busca: Nossos Servicos: RSS - O quê é isso?
Home do Blog Fernando Guimarães

Consultor de marketing e comunicação, especialista em marketing de relacionamento e programas de fidelidade

fernando.gguimaraes@gmail.com

Como a Amazon está preparando sua blitz sobre a indústria da publicidade Postado em: 09/10/2017

Gigante do ecommerce abriu novo escritório em Manhattan com 2 mil funcionários, a maioria envolvida na venda de anúncios
A Amazon continua a fazer sérias inclusões na indústria da publicidade. Seu movimento mais recente envolvou o estabelecimento de um novo escritório em Manhattan, com 2 mil funcionários, a maioria envolvida com publicidade, buscando atrair anunciantes que não vendem em sua plataforma. A empresa está oferecendo anúncios de busca e display, e também spots de vídeo em seu serviço de transmissão online, além de pacotes customizados como os que oferecem anúncios em seus boxes de entrega ou páginas inteiras em seu site. Vários executivos de mídia em agências novaiorquinas contaram que têm recebido visitas de executivos da Amazon, tentando vender publicidade para seus clientes. Um deles contou também que a Amazon contratou vários especialistas em mídia programática que trabalham em sua agência. Fonte: Digiday

Target e L´Oréal colhem beneficios dos "bons dados"
No fnal de setembro,em Nova York, foi realizada a Advertising Week. Um dos painéis do evento discutiu o futuro dos "bons dados", com a participação de executivos da Target, da L´Oreal e da Merkle. A conclusão unânime é que os dados primários, isto é, a informação que os varejistas têm sobre seus próprios clientes, é o fundamento de tudo. No caso da Target, isso permitiu a migração de uma ideia de quem o cliente é para um perfil do cliente e para um marketplace acessível a outras empresas, explicou Kristi Argyilan, SVP de marketing da The Target Media Network. No caso da L´Oréal, a migração começou com o eCommerce. "foi uma evolução natural... minerar os dados para torná-los parte do processo de tomada de decisão", disse Brigitte King, chief consumer officer. "Disparar maciçamente uma mensagem publicitária deu lugar ao rastreamento de alvos", comentou ela. Mas não é mágica. "Nem todos os dados são criados iguais", afirmou Andy Fisher, chief analysis officer da Merkle, uma consultoria de marketing de performance. É necessário saber o que fazer com os dados. Segundo King, da L´Oreal, a questão não é coletar um bando de dados e pensar no que vai fazer mais tarde, mas encontrar determinados casos de uso e mostrar resultados rapidamente. Fonte: DMN (Direct Marketing News)

Assistência técnica da Sears utiliza o IBM Watson para atender os clientes antes até que os produtos dêem problemas

Saibam ou não disso, no futuro, os consumidores que comprarem aparelhos domésticos estarão levando para casa produtos inteligentes. E, antes que apareça uma falha, provavelmente receberão um telefonema sugerindo a visita de um técnico. Nos EUA, essa ligação "préfalha" será provavelmente feita pela Sears Home Services, a líder em assistência técnica naquele país. Durante o evento IBM Genius of Things, em Boston, no final do mês passado, Mohammed Dastagir, vice president e CTO da Sears Home Services, contou como a empresa está usando a inteligência artificial do IBM Watson para garantir que essas ligações sejam feitas no momento certo e o técnico do futuro tenha as peças certas no seu veículo para cada chamada. Segundo Dastagir, o modelo tradicional em que o consumidor adquire um aparelho doméstico e cruza os dedos para que ele não quebre em momentos chave está com os dias contados. Em breve, o consumidor estará comprando o equipamento e também o monitoramento remoto dele. Fonte: MediaPost Connected Thinking

Veja todos Artigos deste(a) Blogueiro(a) [Comentar (0)] [Enviar por e-mail] [Regras de Uso]

Compartilhe

Twitter Facebook Linkedin
Deixe seu comentário
Nome:
E-mail:
Comentário:
máximo caracteres.
 
Arquivo
 
Clientesa.com.br - Blog
Copyright © 2017 - Grube Editorial - Todos os direitos reservados
Powered byCantini Tecnologia