Busca: Nossos Servicos: RSS - O quê é isso?
Home do Blog Fernando Guimarães

Consultor de marketing e comunicação, especialista em marketing de relacionamento e programas de fidelidade

fernando.gguimaraes@gmail.com

8 questões-chave para fazer na hora de escolher um fornecedor de prêmios Postado em: 09/06/2017
Especialista acredita que não se pode fazer negócio com uma empresa sem cuidados iniciais básicos
Programas de fidelidade costumam representar um investimento significativo para as empresas. Antes de se evolver com um fornecedor, alerta Jennifer Worley, Vice President, Product Development, da Hawk Incentives, é importante entender o portfolio de prêmios, o serviços de suportes, a estabilidade financeira e o nível de cuidado que vai oferecer a você e aos participantes do programa. Eis as questões que ela sugere: Trata-se de um fornecedor full-service, capaz de gerenciar o programa de ponta a ponta? Oferece oportunidade para customização? Qual a amplitude e a profundidade de escolhas em prêmios? A empresa é financeiramente estável? Qual a sua escalabilidade? Quais são as medidas anti-fraude implementadas? É fácil de fazer negócio? Tem um robusto atendimento ao cliente e programas de apoio aos portadores do cartão? Fonte: Colloquy
 
Agora é oficial: os acionistas do Yahoo aprovaram a venda para a Verizon
Os acionaistas do Yahoo aprovaram oficialmente a venda da empresa para a Verizon por US$ 4,48 bilhões. O negócio deverá ser fechado na próxima terça, 13/6. Tão logo isso ocorra, Yahoo e AOL irão se fundir em uma corporação chamada "Oath" A AOL indicou que está planejando mais de 2.000 demissões em seguida ao fechamento do negócio. Marissa Mayer deixará o cargo de CEO do Yahoo, embora ela ainda possua cerca de US$ 186 milhões em ações da empresa. Fonte: Business Insider
 
Microsoft adquiriu empresa que automatiza respostas a ciberataques
Nesta quinta, 8/6, a Microsoft informou que concordou em adquirir a Hexadite, uma empresas israelense-americana que fornece tecnologia para automatizar respostas a ciberataques. Embora os valores não tenham sido divulgados agora, em maio, o site israelense de notícias financeiras Calcalist disse que a Microsoft pagaria US$ 100 milhões pela Hexadite, que tem sua sede em Boston e seus centros de pesquisa e desenvolvimento em Israel. Segundo a empresa sua tecnologia aumenta a produtividade e reduz custos de negócios. Terry Myerson, executive vice-presidente of Windows and Devices Groups da Microsoft, disse que a Hexadite capacitará a empresa a incluir novas ferramentas e serviços ao seu portfolio de produtos de segurança para corporações. Entre os investidores da Hexadite estão a Hewlett Packard Ventures, a TenEleven e a YL Ventures. Fonte: Reuters
Veja todos Artigos deste(a) Blogueiro(a) [Comentar (0)] [Enviar por e-mail] [Regras de Uso]

Compartilhe

Twitter Facebook Linkedin
Deixe seu comentário
Nome:
E-mail:
Comentário:
máximo caracteres.
 
Arquivo
 
Clientesa.com.br - Blog
Copyright © 2017 - Grube Editorial - Todos os direitos reservados
Powered byCantini Tecnologia