Busca: Nossos Servicos: RSS - O quê é isso?
Home do Blog Xiko Acis

Filósofo e professor de Ética do MBA da Fundace. Sócio e consultor da Aprendendo@Pensar, empresa especializada em Educação Corporativa.

francisco@aprendendoapensar.com.br

Quem é você quando ninguém está olhando? Postado em: 16/06/2012

Há muito tempo a humanidade vem discutindo o conceito e a aplicação da ética. São mais de 2.500 anos, considerando apenas a cultura ocidental, na busca de definições e aplicações desta matéria tão importante e de difícil compreensão. Hoje sou um estudioso deste assunto e, quanto mais estudo, mais vejo uma grande confusão entre conceitos que permeiam a história. Não é fácil. O itinerário neste estudo é o que conforta.

As coisas se confundem ainda mais quando buscamos a definição de moral. O que é ético? O que é moral? É difícil definir. Várias são as correntes que juntam os dois conceitos e outras que buscam diferenciá-los. Até agora, por que sei que vou mudar, creio que é mais adequado buscar a definição grega de ética.

A origem grega da palavra ética é a palavra êthos/éthos que, quando grafado com a vogal "ê" (eta) longo, ήθος - tem o sentido de "propriedade do caráter". Quando grafado com vogal breve "é" (epsilon) ἔθος - tem o sentido de "costume". Esse último (costume) foi a tradução feita para o latim como "Moris e/ou Morales" que definimos hoje como moral. Portanto, há uma pequena diferença entre um e outro, que não somente semântica. Podemos definir Ética e Moral como:

Ética

Moral

Ética É PRINCÍPIO

Moral É CONDUTA ESPECÍFICA

Ética É PERMANENTE

Moral É TEMPORAL

Ética É UNIVERSAL

Moral É CULTURAL

Ética É REGRA

Moral É CONDUTA DA REGRA

Ética É TEORIA

Moral É PRÁTICA

Ética É REFLEXÃO

Moral É AÇÃO

São definições contemporâneas que, em minha opinião, abarcam e diferenciam os conceitos entre as duas disciplinas que estão relacionadas com: Justiça, Bem e Mal. Pensando nisso, pode-se afirmar que todo "código de ética" existente não passa de "código moral ou de conduta", pois a ética está acima de qualquer código.

Outros termos importantes para conhecer são: aético, que quer dizer ausência de qualquer princípio ético. Antiético, que significa contrário à ética existente. Amoral, que não têm moral alguma e imoral, contra a moral existente.

O objetivo deste blog e fazer a conexão deste assunto tão importante com os resultados que ele pode oferecer para as pessoas e os negócios em geral. Ao longo de nosso itinerário vamos elaborar uma reflexão mais profunda sobre a questão inicial: Quem é você quando ninguém está olhando? Afinal, é nessa reflexão que você vai encontrar a sua resposta. Ser ético é e sempre será um bom negócio.

Bem vindo a bordo!

Veja todos Artigos deste(a) Blogueiro(a) [Comentar (0)] [Enviar por e-mail] [Regras de Uso]

Compartilhe

Twitter Facebook Linkedin
Deixe seu comentário
Nome:
E-mail:
Comentário:
máximo caracteres.
 
Arquivo
 
Clientesa.com.br - Blog
Copyright © 2017 - Grube Editorial - Todos os direitos reservados
Powered byCantini Tecnologia