Busca: Nossos Servicos: RSS - O quê é isso?
Home do Blog Marco Barcellos

Diretor geral e fundador da agência Market 21 no Brasil. Mestre em Administração pela FGV-SP, além de graduado em Engenharia Eletrônica, com pós-graduação em Administração de Marketing e em Gestão Estratégica de RH. Atuou na Cisco, Avaya, AES Eletronet, Nortel, Bay Networks e Wellfleet, além de empresas do grupo Algar. Também foi professor na Unip.

barcellos.66@gmail.com

RESENHA: "O caminho de Abraão", de Jamil Chade Postado em: 27/09/2018

O livro "O caminho de Abraão" é a primeira obra de ficção do jornalista Jamil Chade e fala sobre o percurso de Hagar, uma francesa filha de imigrantes argelinos que supera todas as barreiras de sua periferia de Marselha para estudar nas melhores universidades do país. A obra leva o leitor à intimidade da guerra na Síria e da epopeia de refugiados em busca de segurança, um tema mais do que atual e que reflete os conflitos da humanidade em pleno século XXI.

 

Na história de Chade, Hagar é contratada por uma multinacional e enviada para coordenar investimentos milionários de uma fábrica na Síria, antes da guerra. Mas o confronto iniciado em 2011 leva aquela mulher a cumprir ordens criminosas de sua direção em Paris. A partir desse ponto, ela passa a se confundir com a história de milhares de sírios que, desesperadamente, tentam driblar diariamente a morte. Sua fuga e caminho adotado pelo Oriente Médio, porém, repete o que Abraão, o patriarca das três grandes religiões monoteístas, traçou de forma mítica há milênios.

 

Segundo o autor, a mensagem do livro vai muito além de uma história pessoal de uma fuga pois trata-se de um grito desesperado contra o populismo, demagogia e a xenofobia. Contra líderes de todos os lados que, em nome do suposto bem de uma comunidade, defendem injustiças abomináveis contra outros seres humanos.

 

O livro é, acima de tudo, um apelo para que as pessoas passem a ver o mundo em sua complexidade e o impacto profundo da desigualdade e da perda de direitos fundamentais, 70 anos depois da Declaração Universal dos Direitos Humanos. O modelo existente para combater as diversas crises talvez tenha se esgotado e é essa a mensagem que o autor deixa para reflexão dos leitores.

 

 Nos últimos dez anos, Jamil Chade publicou cinco livros no Brasil e nos EUA. Dois deles foram finalistas do Prêmio Jabuti. Na Suíça, também recebeu o prêmio Nicolas Bouvier por sua obra sobre a fome.

 

Com viagens a mais de 70 países, Jamil Chade percorreu trilhas e cruzou fronteiras com imigrantes e refugiados, visitou acampamentos da ONU na Europa, África e Oriente Médio e entrevistou membros de governos acusados de crimes de guerra.


Correspondente na Europa há quase 20 anos, Chade foi eleito um dos 40 jornalistas mais admirados do Brasil e melhor correspondente brasileiro no exterior em duas ocasiões.


 

O caminho de Abraão

Fé, amor e guerra em travessias separadas pelo tempo

Autor: Jamil Chade

Editora Planeta (2018)

304 páginas

 

Veja todos Artigos deste(a) Blogueiro(a) [Comentar (0)] [Enviar por e-mail] [Regras de Uso]

Compartilhe

Twitter Facebook Linkedin
Deixe seu comentário
Nome:
E-mail:
Comentário:
máximo caracteres.
 
Arquivo
 
Clientesa.com.br - Blog
Copyright © 2018 - Grube Editorial - Todos os direitos reservados
Powered byCantini Tecnologia