Busca: Nossos Servicos: RSS - O quê é isso?
Home do Blog Francisco Sarkis

Publicitário, formado pela FAAP, com pós-graduação em marketing pela USJT e Gestão de Contact Center pela Unicamp. Atua há mais de 20 anos em Customer Experience.

sarkis.baglidoyan@gmail.com

Transformação digital é o simpático nome para a velha redução de custo Postado em: 13/05/2018


Olá buscadores de resultado,

 

Nas últimas semanas conversei com profissionais de vários segmentos para entender como eles enxergam a transformação digital. Na mídia vejo pessoas com entusiasmo um tanto exagerados, ao falar de "algoritmo", "chatbot" ou "inteligência artificial". Certa unanimidade me impulsionou a pesquisar, então, um pouco mais detalhadamente este assunto. O extrato disto, eu dividirei com vocês nas próximas linhas.

A transformação digital tem origem na velha necessidade de redução de custo, que se uniu mais recentemente com o marketing. Vamos logo exemplificando: quando o cliente não queria pagar aquela via do cartão que custava R$ 6,00, ele ligava para o gerente do banco e batia no peito dizendo que não iria pagar aquela tarifa abusiva pois era cliente especial. E aí veio a transformação digital e o banco trocou o cartão pela pulseira de crédito - mais prático, basta encostar a pulseira para concluir um pagamento. O cliente, então, encantado com tanta comodidade, paga pela novidade R$ 50,00.Nos últimos anos houve uma maior busca pela eficiência através do aumento do poder de processamento de dados e da redução de custo de TI.

Mas espera um pouco, e aquele ar de "modernidade" que a transformação digital apresenta? Com a ajuda da propaganda tudo fica mais atraente e desejável.

E o que mais entra no funil da transformação digital? Funil você sabe como é, né?! Tudo acaba em business, grana e resultado. Certas profissões, por exemplo, correm risco de extinção. Apenas citando algumas atividades: atendentes de call center mal humorados, caixas de lanchonete mal educados, vendedores mal informados, motoristas de aplicativo de taxi mal intencionados, entre outros.


Veja o que demostra o estudo abaixo elaborado por Daron Acemoglu, do MIT e Pascual Restrepo, da Boston University:


1 robô = 5,6 trabalhadores;

1 robô = 0,25% a 0,5% de baixa nos salários.

Irresistível, não acha? E, portanto, irreversível!

 

A inteligência artificial trará cada vez mais produtividade, eficiência, assertividade por um custo menor. Diante disto, só ficará fora do funil os profissionais mais criativos.

No mundo dos empregos, contratar, treinar e demitir é muito caro. Se o trabalho não tiver criatividade, então, corre forte risco de ser automatizado (por enquanto, estamos falando apenas da automação da atividade. O filme Matrix foi mais além, vislumbrando um futuro ficcional onde até os seres humanos acabaram virando bateria para as máquinas).

Diferente da máquina, a criatividade é algo ilógico que atende também por um outro nome: inovação.

Para citar alguns negócios inovadores (e bilionários): Uber, Waze e Airbnb. A capacidade de inovação é algo inerente ao ser humano. Gera emoção nas pessoas pela genialidade, raciocínio disruptivo ou beleza pelo seu design. Beleza é equilíbrio e equilíbrio traz a paz.

 

É aqui que está a diferença - não é a máquina substituindo o ser humano. É o contrário! É o ser humano que deixa de ocupar o lugar da máquina.

A empatia torna-se, portanto, cada vez mais um valor a ser apreciado no ser humano, e consequentemente no mundo do trabalho. Tanto é que um conhecido meu - já falei dele em outro post, o Buzarca, que é cliente premium de um banco de varejo - foi convencido a adquirir a sua pulseira de crédito com um "super desconto". Depois de alguma conversa, explicou o Buzarca, a pulseira saiu por apenas R$ 38,00! E por fim justificou - "É que gerente foi muito gente fina e super simpático".

 

Você concorda ou discorda destas informações? Gostaria de compartilhar sua experiência conosco? Então deixe um comentário ou escreva um e-mail para nós.

 

  (English Version)



Digital transformation is the nice name for the old cost reduction


Hello result seekers,


In recent weeks I have talked to professionals from various segments to understand how they see the digital transformation. In the media I see people with enthusiasm somewhat exaggerated, when speaking of "algorithm", "chatbot" or "artificial intelligence". A certain unanimity prompted me to investigate this subject in a little more detail. The extract of this, I will share with you in the next lines.


Digital transformation stems from the old need for cost reduction, which has most recently merged with marketing. Let´s take a quick look: when the customer did not want to pay the $ 6.00 card, he would call the bank manager and beat his chest saying he would not pay that abusive rate because he was a special client. And then came the digital transformation and the bank swapped the card for the credit bracelet - more practical, just touch the bracelet to complete a payment. The customer, then, delighted with so much convenience, pays for the novelty $ 50.00. In recent years there has been a greater search for efficiency by increasing the power of data processing and reducing IT cost.


But wait a little bit, and that "modern" look that digital transformation presents? With the help of advertising, everything becomes more attractive and desirable.


And what else goes into the funnel of digital transformation? Funnel you know how it is, right?! Everything ends up in business, money and results. Certain professions, for example, are in danger of extinction. Just quoting a few activities: grumpy call center attendants, ill-mannered coffee shop attendants, misinformed vendors, malicious taxi application drivers, among others.



See what the study below shows by Daron Acemoglu of MIT and Pascual Restrepo of Boston University:


1 robot = 5.6 workers;
1 robot = 0.25% to 0.5% lower in wages.


Irresistible, do not you think? And therefore irreversible!


Artificial intelligence will bring more and more productivity, efficiency, assertiveness at a lower cost. Faced with this, only the most creative professionals will be out of the funnel.
In the world of jobs, hiring, training and firing is very expensive.


If the work does not have creativity then it runs the risk of being automated (for now, we are talking only about the automation of the activity.The movie Matrix went further, glimpsing a fictional future where even humans eventually became the battery for the machines) .


 

Unlike the machine, creativity is something illogical that also goes by another name: innovation.


To name a few innovative businesses (and billionaires): Uber, Waze and Airbnb. The capacity for innovation is something inherent to the human being. Generates emotion in people by geniality, disruptive reasoning or beauty by its design. Beauty is balance and balance brings peace.


This is where the difference lies - it is not the machine replacing the human being. It´s the opposite! It is the human being who ceases to take the place of the machine.


Empathy therefore becomes more and more a value to be appreciated in the human being, and consequently in the world of work. So much so that an acquaintance of mine - I already mentioned it in another post, Buzarca, which is a premium customer of a retail bank - was convinced to get his credit wrap with a "super discount". After some conversation, explained the Buzarca, the bracelet came out for only R $ 38.00! And finally he justified - "It is that manager was very friendly and super nice


Do you agree or disagree with this information? Would you like to share your experience with us? Then leave a comment or write us an email.



Veja todos Artigos deste(a) Blogueiro(a) [Comentar (1)] [Enviar por e-mail] [Regras de Uso]

Compartilhe

Twitter Facebook Linkedin
Deixe seu comentário
Nome:
E-mail:
Comentário:
máximo caracteres.
 
Comentários
Postado em: 22/06/2018 às: 16:34 Por: Luiz Barros (luiz.fvb80@gmail.com)
A Inteligência artificial já não é apenas o futuro, ela já é o presente!
Arquivo
 
Clientesa.com.br - Blog
Copyright © 2018 - Grube Editorial - Todos os direitos reservados
Powered byCantini Tecnologia